Plantas medicinais

Plantas medicinais

sábado, 28 de maio de 2011

ALECRIM


Nome científico
Rosmarinus officinalis L.

Família
Lamiaceae (Labiatae)

Nome popular
ALECRINZEIRO, ANECRIL (Beira Baixa)

Origem
Sul da Europa e Norte da África.

Parte usada
Folhas e flores

Propriedades terapêuticas
Estimulante digestivo, anti-espasmódica, estomacal, vasodilatadora, anti-séptica.

Princípios activos
Óleo essencial – Borneol; pineno, canfeno, cânfora, cienol, acetato de bornila -; diperteno – rosmaricina; tanino, saponina; ácidos orgânicos; pigmentos; flavonóides

Indicações terapêuticas
Dores reumáticas, depressão, cansaço físico, gases intestinais, debilidade cardíaca, inapetência, cicatrização de feridas, dor de cabeça de origem digestiva, problemas respiratórios,

Uso Interno
Infusão: 2 a 4 g de alecrim seco para 1 chávena de água a ferver. Tape e deixe repousar por 10 minutos. Beba 3 chávenas por dia após as refeições.

Uso Externo
Para banhos de doentes reumáticos e entorses, coza as folhas de alecrim na quantidade de 30 g para 1 litro de água e utilize em banhos ou compressas quentes.

Efeitos secundários
Em altas doses pode ser tóxico e abortivo. Em doses elevadas pode provocar irritações gastrointestinais.

Bibliografia: Nunes, João R., 'Medicina popular - Tratamento pelas plantas medicinais', Litexa Editora, Setembro 1999, Chaves, António J. Leal - “Viva Melhor com as Plantas Medicinais” – Edições Une – 2008, “ Os Remédios da Natureza – Selecções Reader’s Digest.

2 comentários:

  1. Gsto muito do chá de alecrim, hoje tomei tres xícaras no decorrer do dia,sendo a primeira logo pela manhã; fiz um balanço de tudo que fiz durante o dia: como fui produtiva!!!! Estive muito disposta...será que tem algum efeito sobre os neurotransmissores? até parece que tomei ritalina...!!! Ficarei atenta a este fato....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alecrim é também chamada de erva da alegria, seus óleos essenciais favorecem a produção de neurotransmissores responsáveis pelo bem estar.

      Eliminar